SAÚDE DO HOMEM - REVERSÃO DE VASECTOMIA

Estima-se que cerca de 6 a 8% dos homens que realizam vasectomia acabam se arrependendo e desejam volta a ser férteis novamente. Para estes pacientes existe a reversão da vasectomia.

A reversão de vasectomia consiste em se reanastomosar o canal deferente que foi cortado na vasectomia, permitindo assim a passagem dos espermatozoides por este canal , garantindo assim a sua presença no líquido ejaculado. Para isso são realizadas duas incisões escrotais, e com a ajuda do microscópio cirúrgico, já que o deferente é minúsculo e os fios de sutura são muito finos, quase que invisíveis a olho nu, os deferentes são cortados e anastomosados.  O procedimento deve ser realizado por profissional treinado e com experiência para se obter resultados satisfatórios.

Os resultados são muito bons. Se a vasectomia foi realizada há menos de 10 anos, as taxas de recanalização são próximas a 90%, com índices de gravidez no primeiro ano após a reversão de 50%. Após 10 anos de vasectomia estes índices de sucesso diminuem na medida em que os anos passam. Os custos da reversão são relativamente altos, porém inferiores aos custos da fertilização in vitro, que é a alternativa à reversão da vasectomia.

Todos os Direitos Reservados - Clínica Urológica Dr. Henrique B. Alves - Medianeira - Paraná - Brasil © 2011